Visio online

Novidade da #Microsoft

#VisioOnline

Preview features overview - Visio OnLine

Preview features overview – Visio OnLine

 

 

Get started with Visio Online Preview

Get started with Visio Online Preview

 

acesse aqui: Preview features overview


Abandonando o evernote pelo OneNote

evernote x onenoteCom a mudança na versão gratuita do evernote ( limitado a dois dispositivos apenas ), fui atrás de novas opções.

Para resumir, escolhi o OneNote da MS.

Até o momento posso fazer até mais do que fazia no Evernote, mas se vai valer a pena, só com o tempo mesmo.

Segue uma ferramenta que usei para migrar as notas do Evernote para o OneNote.

A dica está no site: Migrate EverNote OneNote

Compatível com tudo e todos e na nuvem e ainda está OFFLINE.

abraço

 


Survey: what is the highest wait on your system?

 

 

Wait Types (Paul S. Randal)

 

ajuda e muito esses scripts

http://www.sqlskills.com/blogs/paul/survey-what-is-the-highest-wait-on-your-system/

 

WITH Waits AS
(SELECT
wait_type,
wait_time_ms / 1000.0 AS WaitS,
(wait_time_ms – signal_wait_time_ms) / 1000.0 AS ResourceS,
signal_wait_time_ms / 1000.0 AS SignalS,
waiting_tasks_count AS WaitCount,
100.0 * wait_time_ms / SUM (wait_time_ms) OVER() AS Percentage,
ROW_NUMBER() OVER(ORDER BY wait_time_ms DESC) AS RowNum
FROM sys.dm_os_wait_stats
WHERE wait_type NOT IN (
‘CLR_SEMAPHORE’, ‘LAZYWRITER_SLEEP’, ‘RESOURCE_QUEUE’, ‘SLEEP_TASK’,
‘SLEEP_SYSTEMTASK’, ‘SQLTRACE_BUFFER_FLUSH’, ‘WAITFOR’, ‘LOGMGR_QUEUE’,
‘CHECKPOINT_QUEUE’, ‘REQUEST_FOR_DEADLOCK_SEARCH’, ‘XE_TIMER_EVENT’, ‘BROKER_TO_FLUSH’,
‘BROKER_TASK_STOP’, ‘CLR_MANUAL_EVENT’, ‘CLR_AUTO_EVENT’, ‘DISPATCHER_QUEUE_SEMAPHORE’,
‘FT_IFTS_SCHEDULER_IDLE_WAIT’, ‘XE_DISPATCHER_WAIT’, ‘XE_DISPATCHER_JOIN’, ‘BROKER_EVENTHANDLER’,
‘TRACEWRITE’, ‘FT_IFTSHC_MUTEX’, ‘SQLTRACE_INCREMENTAL_FLUSH_SLEEP’)
)
SELECT
W1.wait_type AS WaitType,
CAST (W1.WaitS AS DECIMAL(14, 2)) AS Wait_S,
CAST (W1.ResourceS AS DECIMAL(14, 2)) AS Resource_S,
CAST (W1.SignalS AS DECIMAL(14, 2)) AS Signal_S,
W1.WaitCount AS WaitCount,
CAST (W1.Percentage AS DECIMAL(4, 2)) AS Percentage
FROM Waits AS W1
INNER JOIN Waits AS W2
ON W2.RowNum <= W1.RowNum
GROUP BY W1.RowNum, W1.wait_type, W1.WaitS, W1.ResourceS, W1.SignalS, W1.WaitCount, W1.Percentage
HAVING SUM (W2.Percentage) – W1.Percentage < 95; — percentage threshold
GO


TempDB – Cores X Files

 

 

Segue código do Robert Davis, mas copiei daqui, do Paul S. Randal

 

SELECT os.Cores, df.Files
FROM
(SELECT COUNT(*) AS Cores FROM sys.dm_os_schedulers WHERE status = ‘VISIBLE ONLINE’) AS os,
(SELECT COUNT(*) AS Files FROM tempdb.sys.database_files WHERE type_desc = ‘ROWS’) AS df;
GO


Ainda sobre TempDB

Criar ou não Criar mais TempDb´s. Essa é a questão.

Blog - Fabiano Neves Amorim

‘I wrote that code – I’m afraid you *are* wrong’. (

*fabiano@cnpm.com.br – http://fabianosqlserver.spaces.live.com/

(

Ver o post original


Adicionar DataFiles ao TempDB – para corrigir PAGELATCH_UP

segue o texto do site Blitz

antes porém, recomendo deixar o tempDb em outra partição, para evitar IO de disco.

tempDb in many datafiles

 

e segue o texto do Tiago Neves. Nessa dica, diferente do site Blitz, é sugerido que todos os dataFiles fiquem cada um em uma partição diferente.

outros links

 

Documentação MS (https://support.microsoft.com/pt-br/kb/2154845)

Estude qual alternativa pode te ajudar mais.

 

Abraço

 

Rodrigo Duda


SQL Server 2014: Melhorias de performance no TEMPDB

excelente post. vale a pena conferir.

Inside DBA's Life

Já a algum tempo eu acompanho o blog de engenheiros de SQL CSS SQL Server Engineers (http://blogs.msdn.com/b/psssql/). Hoje li mais um dos interessantes artigos do Bob Dorr (sempre vale a pena ler o que ele fala) sobre uma mudança de comportamento do TEMPDB no SQL Server 2014. O artigo é SQL Server 2014: TEMPDB Hidden Performance Gem (http://blogs.msdn.com/b/psssql/archive/2014/04/09/sql-server-2014-tempdb-hidden-performance-gem.aspx) algo como “Tesouro escondido de performance no TEMPDB”, em tradução livre.

O artigo em questão trata da mudança de comportamento de um conceito chamado Eager Writer. Trata-se de uma das três formas de se escrever uma página suja para o disco, onde inclui também Lazy Writer e Checkpoint. Mais informações aqui (http://technet.microsoft.com/en-us/library/aa337560(v=sql.105).aspx).

A explicação do comportamento eu deixo para vocês lerem no artigo original. O ponto que vou tratar aqui é justamente a comprovação prática do que está sendo dito. Não que o que o…

Ver o post original 568 mais palavras


%d blogueiros gostam disto: